“Comunidade Linux” ou “Ditadura Linux”?

Não quero entrar no assunto dos GNUzistas, porque acho que já está manjado, todos sabem que são fanáticos, mas acontece que tem um povo parecido nas comunidades, mentindo (literalmente) principalmente para novos usuários. Parecem menos radicais que os GNUzistas, mas na verdade são tão ridículos quanto. Falo dos usuários experientes de algumas distribuições, que parecem “endeusar” um sistema de computador, e não se engane, existe em todas comunidades.

Quando alguém posta um bug/problema do seu sistema, a reação de alguns usuários de cada distribuição seria:

“Se fosse no Debian, nunca daria erro pois os pacotes sao ULTRA estáveis e testados”

“Se fosse no Arch Linux, não daria erro por só instalar o que precisa, sem bloatwares”

“Se fosse Gentoo, não daria erro pois é compilado e otimizado para o hardware”

“Se fosse OpenSUSE, não pera…”

“Se fosse Ubuntu, é só reportar o bug que irá ser corrigido na próxima LTS”

“Se fosse Fedora, o bug foi causado pelo usuário, pois o Príncipe das distribuições nunca falha”

“Se fosse no Elementary OS, não importa porque o bug teria um belo design”

“Se fosse no Slackware, o bug seria pré histórico”

“Se fosse no Linux Mint, nem saberiam que era um bug”

“Se fosse no Kali Linux, o bug seria na verdade um enigma para o Mr. Robot desvendar”

“Se fosse no Trisquel, seria um bug LIBRE”

“Se fosse no Deepin, seria 后门间谍”

Esta é uma crítica de forma descontraída, do que vejo muito por aí, pessoas se aproveitam de falhas ou problemas que outros têm nos seus sistemas, para “puxar a sardinha” para o lado da sua distribuição. Claro que todos os softwares possuem bug’s ou você irá ter algum problema um dia, e terá que pesquisar ou pedir ajuda para resolvê-lo. Mas isto não justifica recomendar outro sistema. Algumas pessoas manjam muito de alguma distribuição, e acha ela “perfeita”, acredito que pode até ser para ela, mas achar que vai ser igual para todos é ingenuidade. Mas seria ingenuidade minha achar que fazem isso por ingenuidade, estas pessoas são militantes, fanboys, xiitas (fique claro que esta é uma minoria barulhenta) que realmente não ajudam em nada, para a resolução dos problemas em questões nos grupos de “ajuda”.

O mesmo acontece quando a pergunta é “Qual distribuição é a melhor?”. Tudo bem que é uma pergunta meio sem noção, mas então caberia a nós (usuários já iniciados/experientes) ajudá-lo a ter mais noção do universo de aplicações e sistemas open source e não dizer que é a que usamos atualmente. Hoje temos tanto material e principalmente, muitos canais no youtube como:

Oficina do Tux

FastOS

1Plays

Fosloks

Curiosidade Nerd

Livre Software

LinuxPro

Tuxter Games

Diolinux

Toca do Tux

Madrugueds

Sir Rob Linux Brasil

Acre Linux

Ricker Linux

Finnor X

Claro que cada um tem seu foco e suas características, e cabe a você aproveitar seus conteúdos, creio que todos eles sempre que podem, estão dispostos a ajudar inscritos ou qualquer pessoa que saiba dialogar com educação nos seus comentários. No ODT, Diolinux e outros, temos grupo no Telegram e Facebook para trocar ideias e ajudar, muitas vezes nem são diretamente relacionadas a Linux.

Concluindo, não caia na besteira de achar que um sistema é perfeito por muitos falarem bem dele, a verdade é que só você sabe o que é melhor para seu uso, e cabe a comunidade te guiar nessa tarefa, e não “ditar” suas escolhas.

Viu algum erro, ou quer deixar sua crítica? fique a vontade para comentar!

Renato Araujo

www.youtube.com/fastoslinux

  • jon jon goufema liames zenbin

    Renatão Caramujo,cara,pra ser sincero,vamos sacar que antes de mais nada eu frequentava o grupo de vocês,vi muita bobagem lá,saca,eu não vi ninguém ajudando ninguém,seus tutoriais do Youtube são melhores do que aquela discussão no grupo,que lá sofre da “maldição do whatsapp ou do telegram”,em que todo mundo parece discutir de uma maneira imatura,meio agressiva,ficar cheio do mimimi,pensando que sistema operacional é brinquedo,por isso não gosto nem de me referir a palavra distro,temos Sistemas Operacionais com kernel Linux já muito desenvolvidos por sinal,pro cara nem usar Windows mais,pode usar até o Wine,ou dualboot,ou Vmware,que acho melhor que o Vbox,mas, e que naturalmente são diferente dos outros,mas seguem uma regra geral igual,,e seus pacotes idem,antes eu torcia o nariz pro Ubuntu,usava Debian direto,fui testando outras,inclusive o Manjaro,e todas são muito boas,pra usuário iniciante,Ubuntu,Manjaro e Fedora,já resolvem,depois quando o cara fica mais interado ai ele parte pra qualquer outro Sistema,pois já tá reconhecendo o meio ambiente Linux,o que tá faltando nesse país,é mais incentivo a instalação,cursos e assistência técnica competente,porque Linux ao contrário de outras,precisa de um suporte técnico tambêm pra Desktop,pois é um mundo novo,fica a dica.

  • Carlinhos Soares

    Ótimo artigo! Sinto, ao lê-lo, como se fosse eu pensando! Clap, clap!

  • ziggoto

    Tu expressou tudo que eu ando percebendo há vários meses. Parabéns pelo artigo!

  • Peterson Diorgi

    Excelente texto, sempre procuro testar o máximo de distribuições que eu posso e nunca tenho uma opinião formada sobre qual é melhor, pois o que é melhor pra mim pode não ser pra outro usuário.
    Esses dias foi engraçado… Um senhor brigou comigo na comunidade do Diolinux só porque eu falei que as pessoas deveriam argumentar pra criticar o Windows (isso não vale só pra Windows mas pra qualquer crítica que for fazer). Enfim, o velho ficou muito bravo falando que eu era modinha, achei que ele iria me hackear hahahaha.

  • Junior Freire

    muito boa materia gostei do principe das distros hahaha nunca falhara seus vermes malditos